Login

Register

Login

Register

Widget Image
InícioA Técnica e a Prática

Uma das regras básicas do marketing político fala sobre o comercial de TV. Ele possui diretrizes básicas que o tornam um sucesso. Um bom comercial possui as seguintes características: Apresentam uma ideia, e apenas uma; Não se limitam a dizer

A pesquisa eleitoral é o principal instrumento que dispomos para produzir informações confiáveis que irão subsidiar as decisões estratégicas da campanha. Estamos cercados de informações por todos os lados, mas, as informações que necessitamos para definir uma estratégia eleitoral: a mensagem da candidatura (“foco”,

Esta é uma das questões mais insistentemente discutidas nas campanhas eleitorais. Numa era de campanha por televisão, a mala direta parece ser um instrumento superado. Além disso, contra ela argumenta-se que é cara, toma muito tempo e produz taxas de

É muito importante que o chefe decida antes se vai participar ou não. Em princípio é sempre recomendável que sim. Mas o que deve ser evitado é a participação intermitente: sentar-se, ficar por algum tempo e sair, para depois voltar

As “reuniões de imersão” estão sendo crescentemente utilizadas por companhias privadas e órgãos de administração pública como uma oportunidade especial para avaliação do desempenho geral de uma administração ou de um setor dela. Estas reuniões, provavelmente, têm a sua origem

É preciso apresentar Bill Ayres para os nossos leitores. Poucos, provavelmente, o conhecerão. Líder estudantil na década de 60, incansável lutador contra a guerra do Vietnam. Por ter-se recusado a ser incorporado às Forças Armadas, mergulhou na clandestinidade, e, como

Como você vai cuidar do dinheiro público? Você foi eleito, e não aprovado em concurso público de títulos e provas sobre finanças públicas. A menos que sua origem profissional seja a área de finanças, você terá muito pouco conhecimento, e

O primeiro, foi lançado na mídia em setembro de 1988, durante a campanha para a Presidência dos EUA, e o segundo (“porta giratória”), em outubro do mesmo ano. O efeito conjunto destes dois comerciais foi devastador. Com eles, George Bush

O “discurso”, como é convencionalmente entendido, se refere aquele tipo de oratória, onde uma pessoa, afastada do público por um púlpito ou palanque, fala, aos brados, para uma multidão que o escuta. Este, contudo, é apenas um tipo de discurso.

O administrador complacente é exatamente o oposto do administrador do detalhe. Os dois tipos são os polos extremos de uma administração que fracassa na sua função de supervisão. O administrador complacente abdica de sua responsabilidade de supervisão. Caracteriza-se por uma