Widget Image
SIGA-NOS
InícioA Técnica e a Prática

O plano de governo é uma das maiores preocupações do candidato. Em certos casos chega a ser uma verdadeira obsessão. Enquanto o candidato não o tem concluído, impresso e encadernado, sente-se frágil, inseguro, atemorizado e, despreparado para a eleição. O plano

Falar em público não é apenas falar alto para todos ouvirem. Falar em público é sustentar um tipo de comunicação, diferente da forma usual. Não é por outra razão que, desde os clássicos gregos, a oratória foi tratada como uma

O trabalho de campo de uma campanha não desperta muito a atenção da mídia, como ocorre com a divulgação de resultados de pesquisa, debates e eventos. Entretanto, o contato direto da campanha com o eleitor que o trabalho de campo enseja,

Tenha, pois, muito cuidado com as enquetes e levantamentos de opinião realizados por pessoas ou empresas que, não tendo nem conhecimento nem experiência para levar a cabo pesquisas de padrão científico, divulgam seus resultados como se fossem de uma verdadeira

A campanha do candidato a vereador é muito diferente de todas as demais campanhas eleitorais, para outros cargos públicos. Em primeiro lugar porque, para a maioria das pessoas, ela costuma ser o primeiro passo na transição da vida privada para a

Nem todo o político tem a mesma necessidade de providenciar visibilidade para si mesmo. Titulares de cargos únicos - Presidente da República, Governador de Estado, Prefeitos, Presidentes de Casas Legislativas, ou Ministros das principais pastas - têm sua visibilidade assegurada

Mário Sérgio Conti, no livro "Notícias do Planalto: a imprensa e Fernando Collor", narra a história do programa da Rede Globo, no qual o ex-presidente pôs em curso a expressão marajás do serviço público, e que pode ser considerado o

A investigação do desempenho do adversário eleitoral em sua(s) prévia(s) funções no executivo é uma poderosa arma no conflito político em torno da eleição. Erros, deslizes, descuidos, irregularidades e ilegalidades já o colocam na defensiva, tendo que se explicar, mal

Um candidato, para se eleger, precisa superar quatro desafios: Ser conhecido Ser identificado Ser comparado Ser votado Ninguém vota num candidato que não conhece e precisa ser capaz de identificá-lo com sua mensagem, imagem, e publicidade, para poder compará-lo com os

Durante a campanha de 1992, a campanha do candidato Bill Clinton produziu vários comerciais biográficos. Eram as principais armas que dispunha para apresentar, difundir e defender a sua imagem. Clinton era Governador do estado de Arkansas e desafiava o presidente em