Login

Register

Login

Register

Widget Image
InícioA Técnica e a Prática (Page 5)

Esta é uma das questões mais insistentemente discutidas nas campanhas eleitorais. Numa era de campanha por televisão, a mala direta parece ser um instrumento superado. Além disso, contra ela argumenta-se que é cara, toma muito tempo e produz taxas de

É muito importante que o chefe decida antes se vai participar ou não. Em princípio é sempre recomendável que sim. Mas o que deve ser evitado é a participação intermitente: sentar-se, ficar por algum tempo e sair, para depois voltar

As “reuniões de imersão” estão sendo crescentemente utilizadas por companhias privadas e órgãos de administração pública como uma oportunidade especial para avaliação do desempenho geral de uma administração ou de um setor dela. Estas reuniões, provavelmente, têm a sua origem

É preciso apresentar Bill Ayres para os nossos leitores. Poucos, provavelmente, o conhecerão. Líder estudantil na década de 60, incansável lutador contra a guerra do Vietnam. Por ter-se recusado a ser incorporado às Forças Armadas, mergulhou na clandestinidade, e, como

Como você vai cuidar do dinheiro público? Você foi eleito, e não aprovado em concurso público de títulos e provas sobre finanças públicas. A menos que sua origem profissional seja a área de finanças, você terá muito pouco conhecimento, e

O primeiro, foi lançado na mídia em setembro de 1988, durante a campanha para a Presidência dos EUA, e o segundo (“porta giratória”), em outubro do mesmo ano. O efeito conjunto destes dois comerciais foi devastador. Com eles, George Bush

O “discurso”, como é convencionalmente entendido, se refere aquele tipo de oratória, onde uma pessoa, afastada do público por um púlpito ou palanque, fala, aos brados, para uma multidão que o escuta. Este, contudo, é apenas um tipo de discurso.

O administrador complacente é exatamente o oposto do administrador do detalhe. Os dois tipos são os polos extremos de uma administração que fracassa na sua função de supervisão. O administrador complacente abdica de sua responsabilidade de supervisão. Caracteriza-se por uma

Políticos são personagens públicas. Já foi explicado várias vezes em textos anteriormente publicados que o eleitor conhece o candidato pela sua imagem, não pela sua personalidade total. E a imagem do candidato começa com a sua aparência. Políticos conhecidos são

Poucos nascem com o dom de falar bem, assim como poucos são os que nascem com o dom da musicalidade ou do desenho. A capacidade de falar bem, como tantas outras áreas do conhecimento, resulta do aprendizado para a imensa