Widget Image
SIGA-NOS
InícioDicas, Erros e Conselhos

A ingratidão em relação aos subordinados é um daqueles defeitos do político que acarreta consequências muito negativas para o seu poder e introduz uma mancha dificilmente removível em sua imagem. Como diz Maquiavel, nos Discursos sobre a primeira década de Tito

O poder é solitário. Fundamentalmente, porque a responsabilidade pelo seu exercício é radicalmente individual. O governante pode ter tantos auxiliares quanto desejar, pode delegar-lhes poderes, mas, perante a lei, continua sendo o responsável legal. Além desta razão básica, o poder conduz

Dentre desastres que podem atingir uma candidatura, o escândalo político é um dos acontecimentos mais letais para produzir uma derrota certa ou a destruição de uma carreira política. Nada apavora mais um político do que se ver subitamente às voltas com

Na política, a percepção é mais importante que a realidade. Na verdade, na política, a percepção é a realidade. Este processo não é exclusivo do mundo político. De maneira geral, qualquer matéria que seja remota da nossa vida pessoal, das

Nada apavora mais um político do que se ver subitamente às voltas com um escândalo. A natureza do escândalo não importa. O que importa é ele constituir-se num fato, público e comprovável, que colide frontalmente com os valores, sentimentos e

Adote uma postura de pesquisador. Seja rigoroso e cauteloso com relação às informações que chegam até você. Adote critérios para aceitá-las como verdadeiras. Trata-se então, de adotar a postura de um ceticismo operacional. A menos que se trate de informação sobre um

"Só as pessoas inteligentes procuram, para auxiliá-las, pessoas mais inteligentes do que elas” - (Baltasar Gracián – jesuíta espanhol - 1601/1658) A citação refere-se a uma regra da prudência política de grande e venerável tradição. Ela faz parte do que se

Em várias colunas deste site já analisamos a curiosa, e por vezes surpreendente, relação que existe entre o mundo da política e o mundo pessoal e privado. Já se viu como certas virtudes da esfera privada, quando transferidas linearmente para a

A imagem de candidato vitorioso, deve suceder, num breve espaço de tempo, a imagem de novo titular do cargo disputado. A imagem de candidato vitorioso é ainda uma imagem de "candidato", uma imagem de guerra, de uma porção do eleitorado.

O candidato, que foi um escravo da agenda e da campanha por vários meses, quer distância destas incomodações e reivindica, com justificadas razões, um tempo para si. Dentre os erros que são cometidos neste período, mais por descaso e protelação