Login

Register

Login

Register

Widget Image
InícioEstratégia e Planejamento (Page 5)

No jogo da política, por mais pacífico e sensato que você seja sempre chega o momento do conflito, a ocasião em que você vai ter que “entrar numa briga”. A conhecida frase de Oscar Wilde, “um homem nunca será julgado

O nome é uma marca pessoal que tem sua origem na família. Mudá-lo, ainda mais por razões políticas, não é bem visto. Cheira a oportunismo, ambição, desrespeito para com seus familiares. Por outro lado, há nomes que verdadeiramente complicam uma

Poucas palavras possuem um uso mais universal e inconsequente do que amigo. Empregamos o termo para designar as mais variadas relações pessoais. Chamamos de amigo aquele que já nos forneceu prova de sacrifício pessoal por estima, como nomeamos da mesma forma quem acabamos

É uma batalha perdida por antecipação. Nas eleições, os sentimentos costumam ser mais fortes que a razão. Em abstrato, uma campanha eleitoral seria uma disputa racional. Candidatos racionais propondo seus melhores projetos, e eleitores racionais avaliando, comparando e escolhendo aquele candidato que apresentou a

“A verdade é geralmente vista, raramente ouvida”  Baltasar Gracián (1601-1658) Esta é uma das leis do poder mais dificilmente aceita pelos políticos e muito raramente praticada. O político é treinado para manejar raciocínios e argumentos e tende a atribuir a

Para saber o que o eleitor pensa, quer e sente, nunca subestime a inteligência dele, nem superestime a quantidade de informação que ele possui. Ao descrevermos o eleitor real, por oposição ao eleitor genérico e abstrato, (que só existe na

Além do poderoso arsenal de recursos e técnicas publicitárias, o marketing político possui a sua reserva especial de “truques”, lances e estratagemas para uso em situações especiais. Eles representam aquela área cinzenta, onde a ânsia de ganhar e aumentar o

Normalmente a eleição é disputada entre candidatos da situação e mais candidatos da oposição. Ambos representam a opção principal que a eleição proporciona ao eleitor: continuidade ou mudança. A eleição é sempre percebida pelos eleitores, sobretudo os mais pobres, como uma

Há coisas que o político não pode dizer, embora o eleitor possa pensar e falar nelas sem qualquer problema. São as famosas frases e declarações infelizes. Paulo Maluf é o exemplo antológico na política brasileira neste aspecto. Ele vem sendo

Sim, ela é a fotografia de um momento, o instantâneo que fixa o sentimento e a opinião dos eleitores na data em que ela foi feita. Ao mesmo tempo ela é muito mais que o registro fotográfico de um momento.